Búzios estelares não decolam, por Kátia Gerlach

Philos

“O  poeta se esforçava sempre para criar um plano substancial de onde saíam naturalmente os traços cômicos, grotescos e espirituais, porque isto era indispensável.”
“- Você que fala das regras dramáticas.”
“Arrancaram-nos o gozo de rir.”

Contos Fantásticos,  Ernst Hoffman

Propõe o Autor: vamos deixar Apolônio de lado.  Ele retornará à história quando for chegada a sua hora.  Prosseguimos com os leitores que não estiverem dormitando, como o sultão.  Contaremos algo espantoso e insólito.

*

A mulher vermelha deu três pancadas no solo desértico e gritou: “rápido”.  Ato contínuo, as palavras tombaram entre os quatro cantos da folha de papel que corresponde a Praça Alfred Jarry.  Letras e transeuntes circulam sem escapatórias, cercados pelas margens. O excitante poder de uma palavra acende fiéis, rebeldes e cães.

*

Em seu escritório, está Laurita Morales em progressiva aflição.  Agita-se de uma sombra a outra, dá pancadinhas no chão com a bengala.  Ouviu…

Ver o post original 1.520 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s